exame-bera.jpg

BERA

Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico

Quando fazer?

O BERA ou PEATE tem o objetivo de examinar a integridade das vias auditivas, desde a orelha interna até o córtex cerebral. Com base neste exame, é possível determinar se existe ou não perda auditiva, e caso haja, se ela está relacionada com lesões na cóclea, no nervo auditivo ou no tronco encefálico.

Como é feito?

Após limpar a pele por trás das orelhas e a testa com um produto específico, são fixados eletrodos nestes pontos. O paciente fica deitado e com fones de ouvido. O ideal é que ele esteja o mais relaxado possível, com os olhos fechados. Quando o nervo auditivo e as estruturas do tronco encefálico forem ativados pelos estímulos sonoros, é gerada uma quantidade mínima de eletricidade que é captada pelos eletrodos, registrada no equipamento e interpretada pelo examinador.

Em crianças, o exame é realizado normalmente enquanto dormem. Em alguns casos é necessária a indução do sono para que ele seja efetuado com tranquilidade

O BERA geralmente possui duração média de 30 minutos.

Necessita de preparação?

- Não há nenhuma preparação prévia recomendada. O único cuidado é que o cabelo deve estar limpo, seco e sem uso de nenhum produto para modelagem dos fios
- No caso dos adultos, o paciente deve estar relaxado e sem contrair partes importantes do corpo para o exame, como o pescoço e a face
- Normalmente, no caso das crianças, o exame é realizado durante o sono para que não haja incômodos ou interrupções. Podendo ser necessário a sedação em alguns casos.
- O exame não exige nenhum cuidado posterior à avaliação. O paciente pode retomar suas atividades normalmente.

Médico usa a tabuleta digital
AGENDAMENTO
online